O CASTELO DOS DESTINOS CRUZADOS

WORKSHOP DE ARTE TERAPIA

Workshop de Arte-Terapia:

O CASTELO DOS DESTINOS CRUZADOS

Esta será uma viagem a um castelo metafórico, erguido através de formas e cores e apoiado no mistério visual das cartas do tarot. Tal como as personagens do conto de Italo Calvino, teremos à disposição um baralho de cartas onde surgem reis, damas, cavaleiros e valetes. Resistindo à tentação de procurar o futuro nas cartas, cedo descobriremos que todas estas personagens falam do nós, do nosso presente.

Data:

Brevemente

Local:

Brevemente

Duração:

Brevemente

Valor:

Brevemente

QUANDO A CARTA NOS REFLETE

No meio de um bosque cerrado, um castelo dava refúgio a todos os que a noite supreendesse em viagem: cavaleiros e damas, comitivas reais e simples viandantes. – Assim começa Italo Calvino no seu livro O Castelo dos Destinos Cruzados, publicado em 1973. Ao contrário do conto italiano, não deambulamos perdidos num bosque e tampouco nos iremos reunir num castelo real, no entanto estamos em viagem, somos também viandantes.

Esta será uma viagem a um castelo metafórico, erguido através de formas e cores e apoiado no mistério visual das cartas do tarot. Tal como as personagens do conto de Italo Calvino, teremos à disposição um baralho de cartas onde surgem reis, damas, cavaleiros e valetes. Resistindo à tentação de procurar o futuro nas cartas, cedo descobriremos que todas estas personagens falam do nós, do nosso presente.

Ao nos entregar-mos à criatividade e explorando variadas dimensões artísticas, viveremos este workshop como uma aventura. Ao invés de brandir a espada, usaremos a esferográfica, e perante as adversidades, a mancha e o traço trilharão o caminho. Trata-se de um convite para aprofundar o conhecimento interno, abrindo portas para a expressão emocional significativa. Através da expressão artística estabeleceremos um lugar onde as estórias de cada um irão confluir, apoiadas na metáfora, no símbolo e na imaginação.

Cavaleiros e damas, comitivas reais e simples viandantes: estão todos convidados.

“Um dos comensais puxou para si as cartas dispersas, deixando livre uma boa parte da mesa; mas não as juntou nem baralhou; tirou uma carta e pousou-a à sua frente. Todos notámos a semelhança entre o seu rosto e o da figura, e julgámos compreender que com aquela carta ele queria dizer «eu» e se preparava para contar a sua história.”

– Italo Calvino

TESTEMUNHOS DA EDIÇÃO ANTERIOR

Rating: 5 out of 5.

Ter feito esta viagem a partir dos símbolos, do desenho e escrita conferiu muito mais espontaneidade, movimento, verdade, sentimento. Foi de fato muito enriquecedor. O momento de partilha entre as atividades e o poder receber do outro um instrumento para percorrer aquele caminho, fez-me perceber que ainda que a jornada do autoconhecimento seja feita a partir do interior há pessoas cá fora que nos podem ajudar. Adorei muito a proposta.

— Cristiana

Rating: 5 out of 5.

O workshop ajudou-me a parar, olhar para dentro, e a colocar em palavras os desafios que eu estava a enfrentar.

— Belén

Apliquei-me sobretudo a observar as cartas de tarot com atenção, com olhos de quem não sabe o que sejam, e a extrair delas sugestões e associações, a interpretá-las de acordo com uma iconologia imaginária. Quando as cartas alinhadas ao acaso me davam uma história em que eu reconhecia um sentido, punha-me a escrevê-la..

— Italo Calvino

FRANCISCO LADEIRA

Arte-Terapeuta pela Sociedade Portuguesa de Arte-Terapia, licenciado em Design de Comunicação pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa e Formador Certificado pelo IEFP.

É apaixonado por cartas desde criança, tendo-se rendido à riquíssima estética das 78 cartas do tarot de Marselha. Tem vindo a explorar o baralho como motor criativo, dando cursos e palestras.

Completou o Marseille Foundation Course da Aradia Academy, lecionado por Camelia Elias, Ph.D. e Bent Sørensen, Ph.D. com quem aprendeu a encarar as cartas numa perspectiva contemplativa, analítica e poética.

“Ao colocar uma carta na mesa, baixamos uma ponte.”

— Enrique Enriquez